Silves

Silves

“Não decretou Deus que fosse em Sevilha a minha morte. Deixei na terra das mouras encantadas e embarquei resignado para onde se chega ao oriente; fecho os olhos e adormeço com o encantamento que comigo veio. Na noite daquelas terras, apesar do que diz a literatura, nenhum sonho trás à realidade a moura que espera o sopro do novo dia.” — Cartas de Aghmat (4), Carlos Castilho Pais

Silves, Portugal, 16.07.2014

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *