CGAC

cgac
À saída fiz um registo do edifício assinado pelo “nosso” Álvaro Siza. Situa-se na periferia da cidade histórica, junto à porta de entrada do caminho Francês. Duas exposições que me marcaram. Os trabalhos do Alberto Greco e do Jorge Queiroz.
Centro Galego de Arte Contemporánea, Santiago de Compostela, Espanha, 24.03.2012

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *